quarta-feira, 17 de abril de 2024

Categoria TAE aprova proposta do governo sobre reajuste dos benefícios


As técnicas e técnicos administrativos em educação da UFFS aprovaram a proposta do governo federal sobre o reajuste dos benefícios auxílio-alimentação, per capita da saúde complementar e assistência pré-escolar. A assembleia com a categoria foi realizada na terça-feira (16).

O reajuste dos benefícios foi proposto na Mesa Nacional de Negociação Permanente, formada por representantes do governo (Ministérios da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos; da Fazenda; do Planejamento e Orçamento; do Trabalho e Emprego; da Educação; Saúde; Previdência Social, pela Casa Civil e Secretaria-Geral) e de 20 representantes das centrais sindicais e das entidades representativas dos servidores e empregados públicos civis federais.

Sobre a reestruturação de carreiras e os reajustes de remuneração, o termo de compromisso destaca que as temáticas serão debatidas no âmbito das Mesas Específicas e Temporárias. Para a carreira TAE, a próxima reunião desta mesa de negociação está agendada para sexta-feira (19), às 10 horas.

O resultado proferido na Assembleia do SINDTAE será enviado à FASUBRA, entidade que representa a carreira na Mesa Nacional de Negociação Permanente.

Se aprovado pela maioria dos servidores públicos federais, o reajuste dos benefícios será implementado a partir do mês de maio, porém a efetividade dos pagamentos será a partir do mês de junho e de forma retroativa.

segunda-feira, 15 de abril de 2024

Informe #15AGREVEUFFS: SINDTAE encaminha consulta sobre turnos contínuos

 

Dialogando com a pauta do Programa de Gestão e Desempenho (PGD), o SINDTAE incorporou às atividades da greve uma nova consulta à categoria, desta vez, sobre turnos contínuos (Flexibilização da Jornada de Trabalho) na UFFS. A solicitação de divulgação através das listas administrativas de correio eletrônico da UFFS foi encaminhada ao Gabinete da Reitoria, nesta segunda-feira (15).

A documento "Minuta de Portaria para implementação da Ampliação do atendimento e Flexibilização da Jornada de Trabalho na UFFS" foi elaborado por integrantes do Comando de Greve, com apoio de TAEs que já têm experiência na implantação dos turnos contínuos em outras instituições. Foram utilizados materiais acumulados historicamente pela FASUBRA e de outras Instituições Federais de Ensino Superior, bem como decisões judiciais e demais portarias de implantação de outras instituições.

A Flexibilização da Jornada de Trabalho é pauta antiga na UFFS, porém nunca houve um processo de regulamentação sobre o que dispõe o Art. 3º, do Decreto no 1.590/1995, que faculta à dirigente ou ao dirigente máximo do órgão ou entidade autorizar o cumprimento de jornada de trabalho de 6 (seis) horas diárias e carga horária de trinta horas semanais a servidoras e servidores que prestem serviços que exijam atividades contínuas de regime de turnos ou escalas, em período igual ou superior a 12 (doze) horas ininterruptas, em função de atendimento ao público, ou que exijam trabalho no período noturno.

A Consulta sobre os Turnos Contínuos ficará disponível até o dia 22 de abril. Acesse o formulário e deixe sua contribuição. Após essa etapa, o SINDTAE sistematizará as respostas e enviará o relatório para a gestão da UFFS. Acesse a consulta aqui. 

Lembrando que a consulta sobre a minuta de Portaria do PGD ficará disponível até o dia 21 de abril. Acesse aqui e deixe sua contribuição. 

Convocação Assembleia Geral Extraordinária 03/24 HÍBRIDA – 16/04/24

A Executiva do SINDTAE convoca os(as) trabalhadores(as) técnico-administrativos(as) em educação de universidades federais nas cidades de Chapecó, Estado de Santa Catarina, Cerro Largo, Erechim e Passo Fundo, Estado do Rio Grande do Sul, Laranjeiras do Sul e Realeza, Estado do Paraná para ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA 03/24 HÍBRIDA a realizar-se no dia 16 de ABRIL de 2024, TERÇA-FEIRA, às 13h45 em primeira chamada com presença de mais de 50% (cinquenta por cento) dos sindicalizados ou 14h em segunda chamada com o número de presentes, conforme previsão do estatuto da entidade, a ser realizada nos seguintes locais:

a) UFFS, Campus Chapecó, Auditório do Bloco A;

b) UFFS, Campus Realeza, Auditório do Bloco A;

c) Videoconferência na sala virtual do SINDTAE

(em link a ser disponibilizado aos que se inscreverem para participar)


A Assembleia Geral Extraordinária 03/24 deliberará sobre a seguinte ORDEM DO DIA:

i. Informes

1. Greve dos TAEs da UFFS  - análise de conjuntura;

2. Deliberação sobre o Termo de Compromisso nº 01/24 do MGI, que reajusta os benefícios de auxílio alimentação, per capita da Saúde Complementar, e Assistência Pré-escolar.

A íntegra do Termo de Compromisso com a proposta de reajuste nos benefícios pode ser consultada aqui. IG 3 12-04 FASUBRA


OBSERVAÇÃO 1: A convocação ocorre em prazo menor ao de 48h, em conformidade ao deliberado na Assembleia Geral Extraordinária 02/24 Híbrida, de 26/03/24, que deliberou por permanecer em Assembleia Permanente.

OBSERVAÇÃO 2: A Assembleia não será transmitida ao vivo por outros canais, sendo disponibilizada apenas para quem se inscrever até 15 MINUTOS antes do início da assembleia, no formulário do seguinte link:

https://forms.gle/k8T3fxc1SKVRHGkS8

OBSERVAÇÃO 3: A inscrição deve ser realizada com o e-mail institucional, para fins de resguardarmos a segurança do evento.

Para fins de registro, a inscrição no formulário do link será considerada como assinatura da lista de presenças da Assembleia para aqueles que participarem de forma remota.


Chapecó, 15 de abril de 2024.

Executiva do SINDTAE

sexta-feira, 12 de abril de 2024

Informe #12.2AGREVEUFFS: Agenda de greve para a semana de 15 a 19 de abril


15 de abril (segunda-feira)
Dia todo: apropriação da pauta do Relatório da CNSC (Comissão Nacional de Supervisão da Carreira) entregue para o governo

Minutagem da Live:

  • 0:00 Introdução
  • 3:10 Cronologia da greve 
  • 24:30 Histórico do PCCTAE
  • 44:00 Explicação sobre o risco de VBC
  • 1:16:00 Apresentação do Relatório da CNSC
  • 1:26:25 Racionalização dos cargos vagos/a vagar
  • 1:40:40 Níveis de Classificação e correlação salarial
  • 2:03:04 Progressões por mérito
  • 2:22:45 Incentivo à Qualificação
  • 2:26:30 Reconhecimento de Saberes e Competências (RSC)
  • 2:40:20 Recomposição das perdas inflacionárias
  • 2:49:45 Piso de 3 salários mínimos e aumento do step
  • 2:54:55 Desmentindo fake news sobre o relatório
  • 3:00:30 Simulações e defesa da proposta

14h - Participação de representação do comando de greve dos TAEs da UFFS em ato do IFSC no município de Xanxerê - SC.

16 de abril (terça-feira)
14h - Assembleia Geral Extraordinária do SINDTAE, com a pauta de análise de conjuntura e deliberação da nova proposta de reajuste nos benefícios.
15h30 - Conversa sobre a Consulta da Minuta da Portaria do PGD e pautas como turnos contínuos e dimensionamento.

17 de abril (quarta-feira)
13h30: Apreciação pelo Conselho Universitário da Moção de apoio à greve dos TAEs | CONSUNI
https://www.facebook.com/conselhossuperioresuffs
14h - Concentrações presenciais nos campi, incluindo:

Live híbrida
O Relatório da CNSC com a proposta de reestruturação da carreira entregue para o governo.

  • café
  • roda de conversa sobre o Relatório da CNSC entregue para o governo

19h - Participação em mobilização promovida pelo Sinduffs 

18 de abril (quinta-feira)
13:30 - Convite para acompanhar sessão da CAPGP/CONSUNI
Pauta: Regulamentação da política Institucional de Mobilidade de Servidores
https://www.facebook.com/conselhossuperioresuffs

19 de abril (sexta-feira)
10h às 11h30min - Reunião da Mesa Específica de negociação do PCCTAE
14h - Reunião virtual para avaliação da greve e definição de agenda da próxima semana.

Obs: A agenda poderá sofrer alterações.


Informe #12AGREVEUFFS: SINDTAE elabora consulta sobre a minuta de Portaria do PGD

 

O Comando de Greve dos TAEs da UFFS encaminhou, nesta quinta-feira (11), ao Gabinete da Reitoria, as orientações para a realização da consulta sobre a minuta de Portaria do PGD (Programa de Gestão e Desempenho). Esta é uma consulta organizada pela própria categoria e será enviada através do correio eletrônico institucional para todos os TAEs da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS).

O formulário para contribuições ficará disponível até o dia 21 de abril. Vencida essa etapa, o SINDTAE sistematizará as respostas e enviará relatório para a gestão da UFFS.

A realização da consulta e o acesso para enviá-la utilizando as listas administrativas de correio eletrônico da UFFS atende ao item número 1, do Ofício n. 02/SINDTAE/2024, remetido ao Gabinete da Reitoria no dia 5 de abril. 

Confira o teor da mensagem que será remetida à categoria na consulta elaborada pelo SINDTAE:

Saudação colega TAE da UFFS!

Convidamos você para construir junto com o SINDTAE e a categoria um documento norteador para a nova Portaria do Programa de Gestão da UFFS.

Após debates e diálogos sobre a metodologia para tratar do assunto e outras questões pertinentes e correlacionadas, tais como turnos contínuos e dimensionamento, foi elaborado um formulário online para manifestações.

Participe da consulta sobre esses assuntos através do formulário que pode ser acessado no link: https://forms.gle/2W69ZUp64ZqwdBfQ7

O formulário ficará disponível para receber contribuições até o dia 21 de abril.

Após essa etapa o SINDTAE sistematizará as respostas e enviará relatório para a gestão da UFFS.

Acompanhe o site do SINDTAE para demais informações sobre os encaminhamentos. 

quarta-feira, 10 de abril de 2024

Informe #10AGREVEUFFS: Ofício sobre Minuta do PGD

A Coordenação Geral do SINDTAE enviou ofício ao reitor da UFFS, João Alfredo Braida, sobre os encaminhamentos referente à minuta de Portaria do Programa de Gestão e Desempenho (PGD), os quais foram definidos pela categoria durante a reunião do 2 de abril. O documento foi enviado de forma eletrônica ao Gabinete do Reitor no dia 5 de abril, e reforça a necessidade da realização de ampla consulta à categoria sobre o andamento e futuras regras do PGD, incluindo teletrabalho, turnos contínuos e dimensionamento da força de trabalho dos TAES.

A íntegra do Ofício n. 02/SINDTAE/2024 pode ser conferida aqui.


O ofício solicita à reitoria da UFFS que disponibilize acesso ao envio de mensagens à lista de e-mails dos TAEs da instituição, o que oportunizaria a disseminação de informações e viabilizaria o diálogo com toda a categoria. 


A partir desse acesso, o SINDTAE divulgará a minuta sobre o PGD disponibilizada pela Reitoria, assim como a metodologia de trabalho para a participação da categoria e o envio de contribuições. As sugestões irão compor o Relatório do SINDTAE. O sindicato ainda solicita que a Reitoria tenha o compromisso de receber o documento, além de incorporar os apontamentos no documento final sobre o PGD.


Outro ponto defendido pela categoria é a participação da Comissão Interna de Supervisão da Carreira (CIS) no debate, bem como a realização de Audiências Públicas, organizadas pela gestão central da UFFS. O diálogo transparente e a ampla discussão sobre a versão final do documento possibilita o envolvimento de diferentes setores da comunidade acadêmica, assim como demais interessados.


sexta-feira, 5 de abril de 2024

Informe #05AGREVEUFFS: Agenda de greve para semana de 8 a 12 de abril


8 de abril (segunda-feira)

Dia todo: apropriação da pauta do PGD articulada com turnos contínuos e dimensionamento, com leituras:

·        Minuta PGD da UFFS

·        Relatório da UFSC | Vídeo Teletrabalho, flexibilização e controle social de frequência: a experiência da UFSC.

·        RESOLUÇÃO Nº 58/CONSUNI CAPGP/UFFS/2023, que Institui política e estabelece diretrizes para o dimensionamento da força de trabalho dos servidores integrantes da Carreira dos Cargos Técnico-administrativos em Educação (TAE) da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS). 

9 de abril (terça-feira)

14h - Comando de greve: uso da palavra nos Conselhos dos Campi Realeza e Chapecó

14h - Concentrações presenciais nos campi, com campanha de filiação ao SINDTAE

Reunião do comando com a direção do SINDUFFS

19h - Ditadura e suas sobrevivências: o golpe 60 anos depois | Auditório Bloco A - Campus Chapecó


10 de abril (quarta-feira)

14h - Concentrações presenciais nos campi, incluindo:

  • ·  café
  • ·        roda de conversa sobre o dimensionamento e turnos contínuos

 

11 de abril (quinta-feira)

8h30 - Rádio do Trabalhador (https://radiodotrabalhador.com/)

Informativo do SINDTAE

12h - Almoço de Greve no Campus Realeza

14h - Live híbrida:

·       O processo normativo da UFSC sobre controle social do ponto, teletrabalho e turnos contínuos - Luciana (Comando de Greve dos TAEs da UFSC)

·        A Greve, organização sindical na defesa dos trabalhadores - Eduardo (representando o Comando de Greve dos TAEs da UFSC)

 

12 de abril (sexta-feira)

14h - Reunião virtual para avaliação da greve e definição de agenda da próxima semana

·        Sorteio on-line de dois exemplares do livro "Contra o sionismo: retrato de uma doutrina colonial e racista”, de Breno Altman, publicado pela editora Alameda.

terça-feira, 2 de abril de 2024

Informe #02AGREVEUFFS: Encaminhamentos minuta do PGD

    Reunião híbrida sobre as pautas locais e gerais da UFFS e minuta do PGD: Realizada no dia 2 de abril, a atividade contou com a participação do Comando de Greve da UFFS e da categoria. Nela foram contextualizados o movimento da greve nacional e o objetivo de construção coletiva de uma metodologia e encaminhamentos para abordagem das pautas do Programa de Gestão e Desempenho (PGD), turnos contínuos e dimensionamento. 
    Após amplo debate, com a palavra aberta para manifestação de todos, a partir do entendimento de que essas pautas devem ser trabalhadas de forma conjunta, foram acordados os seguintes encaminhamentos: 
    1. O SINDTAE e o Comando de Greve irão coordenar a organização e divulgação de um formulário eletrônico para coletar contribuições de toda a categoria. 
    1.1 Foi formada uma comissão de sistematização, com a atribuição de organizar as respostas do formulário. Essas respostas serão compiladas em um relatório a ser enviado para a gestão, em conjunto com uma análise dos principais pontos sensíveis necessários de adequações. 
    1.2 Os prazos para preenchimento do formulário serão divulgados posteriormente.
    2. O SINDTAE irá oficiar a Reitoria para que providencie os seguintes encaminhamentos: 
    2.1 divulgue através do e-mail institucional dos TAEs o link e orientações para a metodologia das contribuições no formulário eletrônico.
    2.2 disponibilize um relatório de avaliação do PGD, que traga elementos para análise de como esse programa tem se desenvolvido até o momento na UFFS. Esses dados permitirão subsidiar de forma mais qualitativa as propostas a serem construídas pela categoria.
    2.3 para que organize um momento aos moldes de Consulta/Audiência Pública, com representantes da gestão e da categoria, tendo o objetivo de debater e encaminhar de forma conjunta com toda a categoria dos TAEs as três pautas que estão vinculadas entre si: PGD, turnos contínuos e dimensionamento. 
    2.4 Insira a Comissão Interna de Supervisão da Carreira (CIS) no debate do PGD, de modo que aquela instância possa se manifestar formalmente sobre os aspectos que impactam na carreira, além de contar com a devida representação na Consulta/Audiência Pública mencionada no item anterior.  
    3. Concomitante a esse movimento, o Comando de Greve irá convidar colegas TAEs da UFSC para uma live, em que eles possam apresentar novos elementos sobre como ocorreu o processo de implementação do PGD, turnos contínuos e controle social de frequência naquela instituição. 
    3.1 A primeira conversa com o título “Teletrabalho, flexibilização e controle social de frequência: a experiência da UFSC” pode ser visualizada no link: https://www.youtube.com/watch?v=OKda0ALldMM
    3.2 Sugerimos a leitura da página de internet: Dúvidas sobre a implantação das políticas da modalidade teletrabalho e da ampliação do atendimento com flexibilização da jornada de trabalho, que traz elementos sobre como se deu o processo na UFSC: https://teleflexdim.paginas.ufsc.br/

Reforçamos o compromisso de desenvolver as atividades e dar os encaminhamentos para que as pautas conjuntas possam ser trabalhadas através da construção coletiva e democrática com toda a categoria, e ressaltamos o convite para seguirem o site e redes sociais do SINDTAE e os grupos de greve do movimento para acompanhar os demais encaminhamentos. 

quinta-feira, 28 de março de 2024

Esclarecimentos do SINDTAE referente a minuta de PGD na UFFS

 

    A Executiva do SINDTAE recebeu as 17h23min de ontem, 27/03/24, a minuta de Portaria do Gabinete que trata das alterações do PGD. Esse encaminhamento só foi realizado após a reunião do Comando de Greve com o gabinete do reitor.

    Sabemos que esse é um tema sensível para grande parte da categoria. 

    Diante da quantidade de manifestações nos mais variados locais, trazemos os seguintes apontamentos: 

    a) O Sindicato NUNCA foi contra o PGD. Desde o início dos debates procuramos cumprir nosso papel de problematizar a proposta, considerando desde sua origem a partir do governo anterior que queria nos impor a Reforma Administrativa, até os modos e condições de implementação nas universidades federais em geral, e na UFFS em específico. 

    b) Percebendo que o anseio da categoria era justamente encontrar mecanismos paliativos que trouxessem soluções imediatas para as condições de trabalho, a leitura do Sindicato naquela época foi a de não interferir naquilo que estava sendo construído por uma gestão ilegítima, devido a uma nomeação que não respeitou os processos democráticos tanto da Consulta Prévia com a comunidade acadêmica e regional, quanto a votação no Conselho Universitário.

    c) Uma vez implementado sem o devido debate com a categoria técnico-administrativa em educação, foram identificados, no decorrer do tempo, uma série de problemas na execução do atual PGD, as quais inclusive geraram a edição de nova Instrução Normativa do governo, a qual incidirá em mudanças na UFFS. 

    d) Com a nova gestão democraticamente eleita e devidamente nomeada pelo atual presidente da república, o SINDTAE foi chamado para indicar uma representação na Comissão que foi instituída para avaliar as alterações no PGD, conforme PORTARIA Nº 3123/GR/UFFS/2023. 

    e) O PGD, como o próprio nome indica, é um Programa de GESTÃO e Desempenho. Ou seja, é a gestão que tem a atribuição legal e, mesmo, a responsabilidade por conduzir sua implementação. O SINDTAE é uma instância que representa a categoria interessada no assunto, e não a instância que tem todos os recursos administrativos e institucionais para conduzir a sua construção. 

    f) A partir da deliberação de adesão ao movimento de greve nacional da categoria, o SINDTAE comunicou a Reitoria da UFFS sobre a decisão da categoria em iniciar na UFFS a paralisação dos serviços por tempo indefinido na data de 18/03/24. Consoante a isso, foi agendada reunião com a gestão da universidade para dialogar sobre o movimento. Naquela ocasião, o Comando de Greve dos TAEs foi comunicado, informalmente, de que a minuta do PGD estava pronta e que seria disponibilizada ao comando de greve. 

    g) Em nova reunião com o reitor João Alfredo Braida e a pró-reitora de Gestão de Pessoas, Gabriela Gonçalves de Oliveira, no dia 27/03/24, em que o tema de pauta principal foi o registro de controle de frequência durante a greve, o reitor, ao final do encontro, mencionou que tinha interesse que a categoria se manifestasse sobre a minuta do PGD. O Comando de Greve manifestou sua surpresa com a demanda, uma vez que a mesma não foi disponibilizada para a representação da categoria, sendo que a integrante da comissão tinha a informação de que o acesso ainda era restrito, conforme está cadastrado no SIPAC. 

    h) O reitor então solicitou que a pró-reitora de Gestão de Pessoas enviasse o documento para o e-mail do Sindtae. O documento foi recebido pela entidade às 17h23min, do dia 27/3/24, com o seguinte texto complementar: 

“Abaixo são destaques oriundos da reunião administrativa:

Na reunião administrativa ocorrida no dia 13 de março de 2024, participaram as pró-reitorias e direções campus, oportunidade em que foi discutida a proposta da nova minuta de regulamentação do PGD. Registra-se que houveram os seguintes apontamentos para otimizar a proposta de regulamentação:

- Destacar no documento a necessidade de controle das atividades desenvolvidas pelos participantes do PGD independente da modalidade de execução;

- PGD deve observar as diretrizes do PDI;

- Considerar a possibilidade de ligar o PGD com o dimensionamento de pessoal;

- No Art. 12 flexibilizar a possibilidade de teletrabalho integral para os servidores com cargo de CD e FG. Tal flexibilidade deve estar alinhada e autorizada pela chefia hierarquicamente superior. 

atenciosamente, 

Gabriela Gonçalves de Oliveira

Pró Reitora de Gestão de Pessoas”

    i) No decorrer da manhã e tarde do dia 28/03/24, a executiva do SINDTAE teve conhecimento de uma série de manifestações de colegas da categoria, em variados grupos de whatsapp, questionando sobre a existência da referida minuta, e reivindicando que o sindicato a disponibilizasse para consulta dos TAEs. 

    j) Por estarem envolvidos na pauta principal para toda a categoria, que é o movimento nacional de greve, o Comando de Greve dos TAEs não teve tempo hábil para sequer abrir tal minuta. Desse modo, considerando os anseios da categoria, e levando em consideração também as devidas atribuições das instâncias, esse foi o encaminhamento adotado para o momento: 

1. Disponibilização para download da minuta da portaria como parte do Informe #28MGREVEUFFS: Agenda para a semana de 1º a 5 de abril, no site do SINDTAE; 

1.1 Inserção na agenda como atividade de greve, na data de 02/04/24, a partir das 14 horas, organização de encontros nos campi para “Levantamento de pautas locais de cada campus e gerais da UFFS

Construção de metodologia e encaminhamentos para as pautas (PGD / Turnos Contínuos / Dimensionamento / demais pautas)”

2. Um dos objetivos desses encontros será organizar a reivindicação para que a gestão da universidade forneça os devidos meios de acesso e condições para o debate amplo, transparente e participativo da categoria sobre a pauta. Um exemplo:  o envio de e-mail para toda a categoria disponibilizando a minuta não é possível de ser feito pela entidade, pois a gestão nunca liberou tal acesso para o Sindicato. Outro: liberação das chefias para os colegas participarem de uma audiência pública não é atribuição do SINDTAE, e sim da gestão. Dentre outros possíveis de serem elencados. 

    Cabe mencionar que, embora reconheçamos a intenção justa e legítima de a gestão considerar o SINDTAE como a instância representativa da categoria, entendemos que essa pauta envolve fatores que vão para além do que podemos contribuir, dadas as condições atuais.

    Por fim, chamamos a todos a participarem dos momentos de encontros que serão organizados pelo sindicato em conjunto com a categoria, sempre reforçando que nosso ponto de pauta principal ainda é a Reestruturação da Carreira. 

    Acompanhem nossas redes para as demais informações que forem divulgadas.

Informe #28MGREVEUFFS: Agenda para a semana de 1º a 5 de abril


1º de Abril - Segunda-feira

14h: Participação dos TAEs da UFFS em encontro com colegas do IFSC em Chapecó;

15h: Bate-papo com café sobre a greve no hall do Bloco A de Chapecó e nos campi;

16h: Mostra de Cinema Ditadura e suas Vivências no Campus Chapecó, Auditório do Bloco B | Filme: Meu caro Michel (2024). 

Parceria entre SINDTAE e Colegiado do Curso de História.


2 de Abril - Terça-feira

14h - Levantamento de pautas locais de cada campus e gerais da UFFS

20h: Participação no Podcast Quem Sabe Faz a Hora - Francisco Beltrão (PR)


3 de Abril - Quarta-feira

Dia Nacional de Mobilização e Paralisação, convocado pelo Fonasefe (Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais)

Panfletagem nos Restaurantes Universitários - almoço e jantar e demais locais da universidade.

Agenda com IFPR - Campus Capanema 10h com estudantes, 14h com quadro TAE


4 de Abril - Quinta-feira

14h: Live sobre o RSC - Reconhecimento de Saberes e Competências

19h30: Participação do SINDTAE no debate “Geopolítica Internacional: A Questão Palestina”, Campus Chapecó, Auditório do Bloco C


5 de Abril - Sexta-feira

14h: Live construção de agenda para a próxima semana


quarta-feira, 27 de março de 2024

Informe #27MGREVEUFFS: Assembleia Permanente, Comissão de Ética e Planos de Saúde

Acréscimo 18h01, 27/03: Confira o vídeo do representante do comando, Alexandre Fassina, explicando como foi a reunião com a Reitoria da UFFS sobre o registro de frequência durante a Greve, na tarde desta quarta-feira (27). Assembleia Permanente: Na Assembleia Geral Extraordinária 02/24 Híbrida, realizada no dia 26 de março, as técnicas e os técnicos administrativos em educação aprovaram, por unanimidade, o estado de Assembleia Permanente. Esta instância serve para referendar encaminhamentos de forma colegiada com a participação da categoria. A Assembleia Permanente também será a última instância de recurso para quaisquer negativas definidas pelo Comitê de Ética de Greve da UFFS.

Constituição oficial da Comissão de Ética da Greve dos TAEs da UFFS: Na Assembleia também foi consolidada a Comissão de Ética, responsável por avaliar e emitir pareceres quanto a situações consideradas essenciais ou inadiáveis apresentadas durante a greve.


Live sobre Apresentação da proposta de reformulação da carreira TAE: Realizada no dia 25 de março, a live contou com a participação de Vânia Gonçalves, que integra a CNSC (Comissão Nacional de Supervisão da Carreira), vinculada à FASUBRA, e Daniel Farias, Coordenador da pasta de Carreira da FASUBRA. Confira AQUI.


Campanha Devolvam a Voz às IFES: Aprovada na Assembleia de deflagração de greve, no dia 14 de março, a carta faz a defesa para a volta de concursos públicos para os TAEs vinculados aos setores de comunicação. O documento assinado por integrantes das Assessorias de Comunicação dos campi da UFFS e da Diretoria de Comunicação Social da UFFS foi enviado ao Comando Nacional de Greve (CNG) da FASUBRA e Comitê de Comunicação do CNG, no dia 25 de março. 

Planos de saúde: o que fazer diante dos abusos e rompimento de contratos?

O SINDTAE reuniu, no último dia 22 de março, os servidores TAEs que mantêm planos de saúde e estão sendo afetados pelo rompimento unilateral dos contratos. Com apoio da Assessoria Jurídica, foram acolhidos os principais problemas enfrentados pelos servidores e prestadas orientações sobre o caso.


A problemática surge, pois apenas uma única administradora de plano de saúde comunicou o cancelamento aos usuários, soma-se ainda o recebimento de novas propostas de consultores, o que caracteriza uma forma de assédio. Alegando o encerramento do plano com contrato em andamento, os servidores foram expostos a um clima de terror e coagidos a aderir em planos novos antes mesmo de receberem comunicado da administradora e operadora do plano.


Além de causar a insegurança para o coletivo de servidores usuários do plano, o que se deu por conta da falta e falha de comunicação, não foram observados prazos mínimos, e direitos foram afetados em alguns casos específicos, tais como dificuldades na continuidade do atendimento, mesmo estando com tratamento em andamento, dentre outras situações que envolvem a portabilidade e prazo de carência.


Cabe ressaltar que para os casos de tratamento em andamento se constitui direito a continuidade do atendimento no plano contratado até o término do mesmo. Além disso, é direito do usuário a portabilidade quando migrar de plano sem a necessidade de cumprir período de carência, o qual só é possível na situação em que o novo plano adicionar novas coberturas. Esses e outros direitos específicos devem ser reivindicados por meio de comunicação formal à administradora utilizando os canais que a mesma disponibilizar.


O usuário pode requerer o direito registrando a reclamação junto a Agência Nacional de Saúde (ANS) e o PROCON. Isso também deve ajudar na fiscalização das administradoras. Conforme o caso, como urgência e gravidade de acesso ou continuidade de tratamento, o caminho pode ser a busca de uma decisão judicial.


Mesmo com dedicação intensa no movimento de greve que tem como causa recuperação das perdas salariais e recomposição do Plano de Carreira, a Executiva do SINDTAE, com apoio da Assessoria Jurídica, oferecerá apoio para produzir uma ação coletiva pelos sindicalizados que foram prejudicados visando desde a manutenção do plano no período mínimo legalmente previsto até a reparação de danos diante perdas financeiras sofridas.


Os servidores TAEs filiados ao SINDTAE devem entrar em contato pelo e-mail sindtae@gmail.com informando o interesse em entrar com ação judicial.


sexta-feira, 22 de março de 2024

INFORME #22MGREVEUFFS: Agenda de greve e composição do Comando de Greve


1.Agenda

O Comando de Greve dos TAEs da UFFS divulga a agenda de atividades para a semana de 25 a 28 de março. Confira:


25 de março

14h - Campus Chapecó - Mobilização em conjunto com os estudantes de Chapecó para reunião com a Prefeitura sobre transporte público.

15h - Live com a Fasubra: Apresentação da proposta de reformulação da carreira 

Link: https://meet.jit.si/moderated/8f1fa8d60ac620a76ae50bb9f8742c5d8bd6d6ce40b3aa5dd5a3241f418afc26


26 de março

Assembleia Geral Extraordinária Híbrida: Primeira chamada às 13h45;  segunda chamada 14h – Confira a Pauta e orientações para participar


27 de março

14h - Reuniões presenciais nos campi, com café coletivo

Reunião Comando de Greve com gestão da UFFS (horário a definir)


28 de março

14h - Live sobre panorama nacional e local da greve e construção da agenda para a próxima semana


A greve é coletiva. Sua participação é importante para construirmos juntos as atividades.


Se você está pensando em aderir ao movimento paredista, siga as orientações disponíveis no Informe #19MGREVEUFFS


2. Composição do Comando de Greve


Alexandre Luis Fassina - PROGRAD

Ademir Luiz Bazzotti - PROEC

Liziara Sarmento Portella - PROPEPG - Comunicação

Dariane Carlesso - Campus Chapecó

Giuliano Kluch - Campus Realeza -  Comunicação

Ariel Tavares - Campus Realeza - Comunicação

Flávio Riuzo So - Campus Realeza 

Guilhermo Romero - Campus Erechim


quinta-feira, 21 de março de 2024

Convocação Assembleia Geral Extraordinária 02/24 HÍBRIDA – 26/03/24

A Executiva do SINDTAE convoca os(as) trabalhadores(as) técnico-administrativos(as) em educação de universidades federais nas cidades de Chapecó, Estado de Santa Catarina, Cerro Largo, Erechim e Passo Fundo, Estado do Rio Grande do Sul, Laranjeiras do Sul e Realeza, Estado do Paraná para ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA 02/24 HÍBRIDA a realizar-se no dia 26 de MARÇO de 2024, TERÇA-FEIRA, às 13h45 em primeira chamada com presença de mais de 50% (cinquenta por cento) dos sindicalizados ou 14h em segunda chamada com o número de presentes, conforme previsão do estatuto da entidade, a ser realizada nos seguintes locais:

a) UFFS, Campus Chapecó, Auditório do Bloco A;

b) UFFS, Campus Realeza, Auditório do Bloco A

c) Videoconferência na sala virtual do SINDTAE

(em link a ser disponibilizado aos que se inscreverem para participar)


A Assembleia Geral Extraordinária 02/24 deliberará sobre a seguinte ORDEM DO DIA:

i. Informes

1. Greve dos TAEs da UFFS  - avaliação e encaminhamentos

2. Formalização da composição do Comitê de Ética da Greve


OBSERVAÇÃO 1: A Assembleia não será transmitida ao vivo por outros canais, sendo disponibilizada apenas para quem se inscrever até 15 MINUTOS antes do início da assembleia, no formulário do seguinte link:

https://forms.gle/RSyXYDmySTcbnVUq7

OBSERVAÇÃO 2: A inscrição deve ser realizada com o e-mail institucional, para fins de resguardarmos a segurança do evento.

Para fins de registro, a inscrição no formulário do link será considerada como assinatura da lista de presenças da Assembleia para aqueles que participarem de forma remota.


Chapecó, 21 de março de 2024.

Executiva do SINDTAE

terça-feira, 19 de março de 2024

Informe #19MGREVEUFFS: Reunião com a gestão da UFFS

Confira o vídeo do representando do comando, Alexandre Fassina, explicando como foi a reunião com a Reitoria da UFFS na tarde desta terça-feira (19).

Acesse: https://www.instagram.com/reel/C4tg-lkO6Oa/?igsh=MTZjcThqdGpmMGQ1OQ==

ORIENTAÇÕES


1. Aderi à greve. O que fazer?

A instituição já foi notificada, portanto, adote os seguintes procedimentos:

1.1 Informe a chefia;

1.2 Fixe um cartaz na porta ou na mesa de trabalho.(Cartaz disponível aqui).

1.3 Em seu e-mail institucional individual, utilize a ferramenta “Resposta automática de férias”, cadastrando a seguinte informação:

Primeiro dia: 18/03/2024 (ou quando aderir) 

Sugestão de texto: “Prezado(a),

Aderi ao movimento de GREVE NACIONAL dos TAEs.

Enquanto estiver exercendo esse direito constitucional de greve, demandas devem ser encaminhadas para o e-mail XXXXX

Atenciosamente,”

1.4  - Preencha o formulário confirmando sua adesão à greve

1.5 Orientações para registros de frequência e de atividades no PGD serão divulgadas após reunião entre o Comando de Greve e a Gestão da UFFS.

1.6 O Comando de Greve irá disponibilizar mecanismos de registro de presença para os servidores que aderirem ao movimento. 

1.7 Progressivamente serão organizados espaços físicos e virtuais como pontos de referência do movimento.

2. Acredita que alguma atividade realizada no setor é essencial?

Oriente as chefias para apresentarem a demanda à comissãode Ética da Greve, através do Formulário.

Live 19/03, 14 horas: Funcionamento da greve

 Confira a pauta da live de hoje (19/03):

LINK PARA PARTICIPAÇÃO: bit.ly/4agfh7p

1: Comunicação Informes de Greve

2: Formulário de adesão

3: Números da nossa greve

4: Recomendação de vídeo Central da Greve - Ep. 000/2024 - Comando de Greve Nacional em Brasília, no Canal TAESNALUTA, no YouTube: https://www.youtube.com/live/OFlDdAtKMaY?si=hHNSITYBNQFRDT1h

5: Informes de greve da FASUBRA: https://fasubra.org.br/; opção Arquivos

6: Participe e contribua das atividades de greve (Live Quinta - 21/03, 16 horas: construção da agenda para a próxima semana)

7: Encaminhe suas Dúvidas jurídicas ao Comando de Greve https://forms.gle/a43a1GK4dGRqx1zq5

segunda-feira, 18 de março de 2024

Informe #18MGREVEUFFS


Informe #18MGREVEUFFS:
O Comando de Greve da UFFS orienta os TAEs grevistas a manifestarem a adesão ao movimento paredista através do preenchimento do formulário eletrônico disponibilizado no site do SINDTAE e também em suas redes sociais.

 - O formulário é composto pelos seguintes itens de preenchimento: e-mail institucional; nome completo; data de adesão e setor de lotação. Não é necessário estar filiado ao sindicato. 

- Criação de comitês de greve presenciais e online: O Comando de Greve informa que serão criados espaços presenciais para o acolhimento de demandas, propostas de atividades de greve e demais sugestões. A criação desses espaços será dialogada com a gestão da Universidade, em reunião marcada para o dia 19/03. Priorizando a comunicação com filiados e não filiados, bem como aos participantes e simpatizantes ao movimento paredista, o Comando estuda a criação de grupos de Whatsapp para a disseminar mais rapidamente informes oficiais à categoria ou sugestão de conteúdos que compreendam à reestruturação da carreira TAE e à recomposição salarial. Grupo TAEs UFFS - whatsapp: https://chat.whatsapp.com/H9QcQfKVJdp90EsbU7XUly

#18MGREVEUFFS: Caso se sinta à vontade, marque as redes sociais do @sindtaeuffs para compartilharmos sua ação de greve. Prefere evitar exposição, não se preocupe a gente entende, mas basta enviar seu conteúdo aos representantes do Comando de Greve, informando o local da atividade, por exemplo, Biblioteca Campus X.

 - Informe de greve, hoje é #18MGREVEUFFS: O Comando de Greve oficializa o informe oficial, colocando à frente a data em que foi emitido #18M (M mês de março), seguido de GREVEUFFS. Novos informes de greve poderão ser emitidos a qualquer tempo e serão disponibilizados no site oficial do SINDTAE e redes sociais.

SAUDAÇÕES A TODOS OS TAES DA UFFS

sexta-feira, 15 de março de 2024

Orientações gerais e agenda de greve TAEs UFFS


A partir da deliberação da Assembleia Geral Extraordinária, os TAEs da UFFS iniciam adesão à greve nacional no dia 18/03/2024. 

O Comando de Greve da UFFS divulga as orientações gerais iniciais e a agenda de greve para a semana de 18 a 22/03/24. 

A greve é coletiva. Sua participação é importante para construirmos juntos as atividades.

Acompanhe as redes do SINDTAE no Instagram e no Facebook (@sindtaeuffs) para ficar por dentro das atividades e demais orientações que serão produzidas pelo Comando de Greve.

Participe das atividades!

ORIENTAÇÕES GERAIS

1. Aderi à greve. O que fazer? 

A instituição já foi notificada, portanto, adote os seguintes procedimentos: 

1.1 Informe a chefia; 

1.2 Fixe um cartaz na porta ou na mesa de trabalho. (Cartaz disponível aqui).

1.3 Em seu e-mail institucional individual, utilize a ferramenta “Resposta automática de férias”, cadastrando a seguinte informação: 

Primeiro dia: 18/03/2024 (ou quando aderir) 

Sugestão de texto: “Prezado(a), 

Aderi ao movimento de GREVE NACIONAL dos TAEs. 

Enquanto estiver exercendo esse direito constitucional de greve, demandas devem ser encaminhadas para o e-mail XXXXX 

Atenciosamente,”

1.4  - Preencha o formulário confirmando sua adesão à greve

1.5 Orientações para registros de frequência e de atividades no PGD serão divulgadas após reunião entre o Comando de Greve e a Gestão da UFFS.

1.6 O Comando de Greve irá disponibilizar mecanismos de registro de presença para os servidores que aderirem ao movimento. 

1.7 Progressivamente serão organizados espaços físicos e virtuais como pontos de referência do movimento.


2. Acredita que alguma atividade realizada no setor é essencial? 

Oriente as chefias para apresentarem a demanda à comissão de Ética da Greve, através do Formulário: 

https://abre.ai/jdFG


3. Atividades da greve: 

Semanalmente será construída coletivamente e divulgada uma agenda com as atividades presenciais e remotas do movimento. 

AGENDA DE GREVE - 18 a 22 de março de 2024

Segunda - 18/03: 

Documentário TAE'S: Aos Olhos de Todos (Produção: Servidores da UFPE)

https://youtu.be/eDGRHNRClqsjdx-exvf-wha

14:30 - Reunião do Comando de Greve 

16:00 - Convite para participação na assembleia docente SINDUFFS

Pauta: Consulta sobre Indicativo de greve

Transmissão: Google Meet (meet.google.com/cqy-yers-xho)


Terça - 19/03: 

14:00 - Live sobre: funcionamento da greve 

15h30 - Reunião do Comando de Greve com a Reitoria
- Divulgação da síntese da reunião com a Reitoria

Quarta - 20/03: 

14:00 - Reuniões presenciais nos campi, construção de estratégias de divulgação da greve junto à comunidade universitária


Quinta - 21/03: 

14:30 - Reunião do Comando de Greve com o DCE da UFFS

16:00 - Live sobre:
- síntese da reunião com o DCE
- panorama nacional sobre a greve
- construção da agenda para a próxima semana

Sexta - 22/03: 
13:30 - Convite para participação na CAPGP/CONSUNI
Pauta: Regulamentação da política Institucional de Mobilidade de Servidores

Está com dúvidas? 
Não sabe como funciona uma greve? Chame o comando!
Tem insegurança jurídica? Chame o comando!
Precisa de um apoio maior e tem receio de se expor? Chame o comando!
Te assediaram? Chame o comando! 
Contem conosco!